segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Jornal Notícias e Canal de Moçambique: Diferentes, mas semelhantes?

É notório que nos dias que correm a imprensa escrita cresce de vento em pompa e praticamente surgem jornais dia após dia. O engraçado no meio disso tudo é que estamos a falar de quantidade, porque a qualidade pouco se verifica em muitos desses jornais, senão reproduções de notícias esporádicas, recortes de notícias da Internet ou mesmo de outros jornais nacionais e/ou internacionais.

Mas, o que quero aqui chamar ao debate é a forma encontrada pelo Jornal Notícias e pelo Canal de Moçambique para fazer o seu tipo de jornalismo no que diz respeito as suas capas, e vou apresentar (2) diferenças e (2) semelhanças:

Semelhanças:
1. O Jornal Notícias e Canal de Moçambique não diferem no seu alvo dos últimos tempos, o facto é que estes dois jornais sempre trazem nas suas capas matéria sobre o Presidente da República (ou seu antecessor), inclusive na maioria das vezes com a sua foto. (PS: Não estou aqui a discutir a veracidade ou não do que aparece nas capas);
2. Os dois Jornais fazem questão de expor em evidência e em destaque o nome do Presidente, buscando a foto mais razoável que possuem;

Diferenças:
a) O Jornal Notícias ao trazer na capa Filipe Nyusi faz da forma mais cuidada possível, polindo o Presidente com os mais bonitos adjectivos;
b) O Canal Moz ao trazer as imagens do Presidente Nyusi (ou Guebuza) faz manchete com as piores notas possíveis que pode-se imaginar, são acusações e polémicas atrás de polémicas;

Nota: Caberá a cada de um de nós fazer o julgamento como bem entender, dos prós e contras dessa forma de fazer jornalismo. Mas, o facto é que o Jornal Notícias é público e se exige a sua imparcialidade, enquanto o Canal Moz é livre de fazer o que quiser, dentro dos limites estabelecidos por lei para a liberdade de imprensa.

Sem comentários:

Enviar um comentário